Tendências universais para as cores das estações: guia prático Audaces

Publicado por

30 de julho de 2021
escala-pantone
4 min

Apesar de o universo da moda estar em constante movimentação, com novas tendências surgindo a cada estação, ainda existem aquelas que são consideradas tendências universais e, apesar de sofrerem uma ou outra modificação, seguem inspirando novas coleções a todo momento.

As cores das estações do ano, característica que mescla a sazonalidade dos desfiles com as cores do círculo cromático,  é uma delas. Um grande exemplo disso é o fato de as cores neutras serem associadas às estações frias, enquanto as vibrantes, às quentes.

Entender a influência dessas cores é fundamental para o trabalho criativo de estilistas e profissionais da moda e, por esse motivo, o blog Audaces preparou um conteúdo completo sobre as cores que são tendências em cada estação.

Acompanhe a leitura e saiba tudo sobre o assunto:

Como funciona a influência das cores?

As cores são, sem dúvidas, uma fonte de inspiração e influência sobre a forma que entendemos e percebemos ambientes, espaços, a natureza e as peças de roupas que fazem parte de uma coleção.

Essa forma de relacionar as cores a características pessoais é chamada colorimetria, e surgiu no início do século XX, sendo impulsionado pelo movimento artístico chamado Bauhaus, cuja principal forma de expressão foi a arquitetura.

No entanto, foi somente na década de 80 que a associação entre as cores e as estações do ano se tornou mais evidente, especialmente com o lançamento do livro Color me beautiful, de Carole Jackson.

Isso não significa, porém, que a Indústria da Moda nunca tenha se utilizado da colorimetria até o momento. Pelo contrário, a intensificação do estudo e do uso das cores do círculo cromático para definição de estilos e estações trouxe à tona algo que os grandes estilistas já faziam há muito tempo.

Cores

Dessa forma, ficou ainda mais clara a associação das cores às tendências sazonais, especialmente nas estações do ano.

As cores das estações na moda

Como você já sabe, a cor é uma característica fundamental em todas as peças de roupa, além de ser um elemento coesivo entre as partes da coleção como um todo. Entender sobre como cada cor age em relação a outra e em relação ao corte, caimento, texturas, acabamentos e outros aspectos essenciais é indispensável para o sucesso de uma confecção.

De forma geral, as quatro estações possuem paletas bem definidas em países em que elas são bem marcadas, o que não acontece no Brasil. Sendo assim, dividimos as paletas de cores conforme o modelo sazonal da Indústria Fashion por aqui – outono/inverno e primavera/verão.

Outono/Inverno

As estações mais frias do ano, outono e inverno estão associados à sobriedade e aos tons neutros, uma vez que o destaque acaba recaindo sobre a construção da peça, seu corte, texturas e modelagens.

No que diz respeito às cores, a cartela é muito influenciada pelas paisagens do hemisfério norte, especialmente porque nos países do hemisfério sul as paisagens não costumam se alterar muito durante a passagem das estações.

Sendo assim, não é incomum encontrar, por exemplo, cores relacionadas ao gelo e à neve para representar o inverno e cores quentes e alaranjadas para representar o outono. Aliás, branco e marrom são as cores clássicas da moda nesses períodos.

De uma forma geral, podemos citar como cores clássicas do outono/inverno:

  • Marrom;
  • Verde;
  • Laranja;
  • Azul;
  • Cinza;
  • Preto;
  • Branco.

Essas cores servem de base para outras misturas e tonalidades, formando subtons e expandindo a paleta clássica. No entanto, apesar de as tendências universais apontarem para essas cores-padrão, hoje já existem coleções que tentam quebrar com esse padrão estético, imprimindo mais cores à moda outuno/inverno.

Primavera/Verão

Mesmo sendo as estações mais bem definidas no ano aqui no Brasil, as tendências de cores do verão e da primavera ainda são bem marcadas pela influência da natureza no hemisfério norte, onde a primavera costuma ser a estação das cores e o verão dos tons vívidos.

Nesse contexto, a colorimetria se apropriou das mais inúmeras possibilidades de cores que sobretudo a primavera fornece para criar uma cartela dinâmica e cheia de vivacidade – e, também, porque são nessas estações em que as temperaturas estão mais altas e, consequentemente, as pessoas mais ativas.

Sendo assim, as coleções pensadas para esse período sazonal privilegiam cores como:

  • Azul;
  • Dourado;
  • Amarelo;
  • Verde;
  • Vermelho;
  • Lilás.

Vale ressaltar que a característica que também se sobressai nessas estações, além da cor propriamente dita, é a tonalidade. O verão no hemisfério norte é marcado por tonalidades mais suaves e mais iluminadas (devido ao sol), enquanto a primavera tem como característica tons mais vibrantes e vívidos.

Além disso, da mesma forma que a paleta tradicional do outono/inverno tem sido reinventada pelas últimas tendências, no caso da primavera/verão temos o mesmo processo. Ou seja, não é incomum encontrarmos grandes nomes do prêt-à-porter utilizando cores neutras e harmoniosas em suas coleções.

Seja qual for a estação, a Indústria da Moda está sempre a resgatar e remodelar até mesmo suas tendências universais. Da mesma forma, assim como dissemos, a paleta de cores não é a única característica a ser observada pelos estilistas e criadores no momento de conceber as peças de uma coleção.

Porém, é fato de que a coloração é a característica estética que mai se sobressai no conjunto e, por esse motivo, entender sua influência na sazonalidade e nos elementos exteriores (ou seja, a relação da peça com o usuário e a paisagem) agregam vestibilidade às peças, outra característica indispensável.

Gostou de aprender mais sobre as cores? Que tal aprender como montar desenhos de roupas e aperfeiçoar suas técnicas? Acompanhe o blog Audaces e não perca nenhuma atualização de conteúdo!